ASSOCIE-SE AGORA!

Noticias

voltar

Enquanto houver chance, há esperança: Passo Fundo consegue mais um ponto fora de casa

Mais uma rodada do Gauchão começou e com ela, o Passo Fundo teria outro “jogo da vida” em busca da sua recuperação na tabela. Assim como na última partida, onde o tricolor empatou com o Cruzeiro de Porto Alegre, contra o Veranópolis a equipe também precisava somar pontos e foi até a Serra em busca deste objetivo. Para este duelo decisivo, o técnico Leocir Dall’Astra fez apenas uma mudança dos 11 que atuaram no último domingo: Brandão no lugar de Mikael, que machucado, não viajou junto da delegação.

O JOGO

A primeira etapa não teve muitas emoções. Os dois times passaram a maior parte do tempo se estudando e acabaram não criando grandes oportunidades. Com nenhuma chance clara para ambos os lados, o que se destacou foi a marcação das equipes. O Passo Fundo, no entanto, teve uma leve superioridade sobre seu adversário. Em uma das poucas jogadas feitas pelo tricolor, Anderson Paraíba ficou na cara do gol mas chutou fraco e o goleiro Reynaldo defendeu.

No segundo tempo, a partida não mudou muito. Poucas chances eram vistas e os dois times se preocupavam mais em defender do que atacar. A arbitragem também parecia um pouco confusa, invertendo faltas e marcando impedimentos duvidosos, que fizeram com que os dois times acabassem reclamando. Perto do fim da partida, o Veranópolis fez pressão no Passo Fundo e por pouco não saiu vencedor, não fosse as defesas do goleiro Gustavo Silva.

De acordo com Anderson Paraíba, o que falta para o time é acertar a finalização.

– Estamos pecando nas finalizações, inclusive eu que perdi uma boa oportunidade. Não tomamos gols, mas também não marcamos e isto não pode acontecer. Mas enquanto a gente tiver um por cento de chances, brigaremos para que o Passo Fundo saia dessa situação, porque esse time não merece a posição que está – declarou o meia.

O esquema de três zagueiros imposto pelo técnico Leocir Dall’Astra e que já havia sido usado na melhor fase do clube no Gauchão (quando venceu o Ypiranga e empatou com o Internacional) deu bons resultados defensivos e saiu zerado nos dois jogos em que esteve de volta. Este foi um dos motivos que fez com que o comandante tricolor não usasse as três substituições que tinha a seu dispor, já que de acordo com ele, não queria mudar a estrutura da equipe.

– Não fiz as três substituições para não mexer na estrutura defensiva do time, que vinha jogando bem. O Veranópolis é uma equipe perigosa, não é a toa que estão nas primeiras colocações e nós conseguimos nos comportar bem defensivamente contra eles – explicou o treinador.

Ainda sobre o esquema e a partida, Dall’Astra afirmou que apesar do time não conseguir o resultado desejado, ainda está vivo na competição.

– Mudei a postura do time com esse esquema para não levar gols, porque isso é importante, já que temos dificuldades em buscar o resultado se acabamos saindo atrás do placar. Não levando gols, temos tranquilidade para buscar marcar. Infelizmente isso não aconteceu, apesar das boas oportunidades que tivemos. Ficamos tristes, claro, mas temos que vencer os dois últimos jogos para não depender de outros resultados. Uma vitória em Caxias leva a gente para a última rodada com chances. Este um ponto não é o que a gente queria, mas nos mantém vivos na série A do Gauchão – afirmou o treinador.

Com este resultado, o Passo Fundo continua na última colocação do campeonato, com 6 pontos, mas ainda com chances de escapar do rebaixamento. Ainda faltam duas partidas para o tricolor buscar vencer e fugir desta situação. O próximo jogo do Galo do Planalto é no domingo (26), contra o Caxias, em Caxias do Sul, às 19:00 horas.

FICHA TÉCNICA

Veranópolis 0 x 0 PASSO FUNDO

Local: Antônio David Farina.

Horário: 20hs30mins.

Arbitragem: Daniel Soder, Teilor Thomas da Silva, Claiton Timm e Josefh Ribeiro Lopes.

Veranópolis: Reynaldo; Vinícius Bovi, Douglas, Léo Dagostini e Murílo (Daniel Baloy); Jonatan Lima, Matheus Santana, Athos e Eduardinho ©; Gustavo (Matheus Lagoa) e Kayron (Jean Carlos). Técnico: Tiago Nunes.

PASSO FUNDO: Gustavo Silva; Alex, Rodolfo Mól © e Juan Sosa; Maicon, Jessé, Rodrigo Possebon e Ruan; Anderson Paraíba (Elyeu), Saldanha (Gênesis) e Brandão. Técnico: Leocir Dall’Astra.

PRÓXIMO JOGO

Passo Fundo

x

Brasil de Pelotas

  • Data: 29/03/2017 / 21:45
  • Local: Estádio Vermelhão da Serra
  • Ingresso: Arquibancadas - R$30,00, Cadeiras - R$50,00
VER DETALHES DA PARTIDA

SOCIAL MÍDIA

COMPARTILHE