ASSOCIE-SE AGORA!

Noticias

voltar

“Vou escalar 12”, afirma Paulo Porto

Para a estreia de domingo, o técnico do Passo Fundo, Paulo Porto, diz que além dos 11 titulares, ainda irá ‘escalar’ o torcedor

A espera está acabando e o grande dia está chegando. Após quase dois meses de trabalho, o Passo Fundo está prestes a fazer sua estreia no Campeonato Gaúcho de 2017. O treino desta sexta-feira (27), fechado para a imprensa, e o deste sábado (28), último antes da primeira partida, irão definir qual será o time que começará o jogo contra o São Paulo, domingo (29), no Vermelhão da Serra.

Além do treinamento fechado para a imprensa, o técnico Paulo Porto também optou por divulgar a escalação apenas no dia da estreia. A explicação do treinador é de que a partida será de suma importância, já que nas outras rodadas o tricolor do planalto terá grandes desafios pela frente, enfrentando o Ypiranga de Erechim e o Grêmio fora de casa, e recebendo o Internacional.

– Iremos divulgar nossa escalação apenas no dia do jogo, até por estratégia e para não dar armas ao adversário. Essa partida é fundamental para nós, e jogando em casa, estreando, precisamos fazer um bom resultado – explica o treinador.

De acordo com Paulo Porto, a importância dos jogos dentro de casa, não são pelo fato de estar jogando no seu estádio, mas sim, por causa da presença do seu torcedor. Ele conta que na sua escalação terá 12 jogadores, e convoca a torcida.

– Eu já comentei com o pessoal aqui que eu irei convocar e escalar 12. Na minha folha, quando eu divulgar os jogadores que entrarão em campo, irei colocar a torcida lá. Nós precisamos que eles venham ao estádio, pressionem o adversário e apoiem nosso time, porque é isso que define o ‘fator casa’. Não é jogar no estádio que você trabalha todos os dias que faz o ‘fator casa’ ser importante, mas sim, a presença do torcedor – pede Paulo Porto.

ELENCO PREPARADO

O grupo que foi montado para o Gauchão tem a cara de Paulo Porto. Ele ajudou na montagem do elenco, e alguns requisitos foram fundamentais para que os dirigentes e a comissão técnica definissem quem seriam os jogadores contratados. Dentre as exigências, estavam: evitar “medalhões”, procurar jogadores com curva ascendente na carreira, sem histórico de lesões e com bom comportamento extracampo. De acordo com o presidente, Evandro Egídio Zambonato, o clube não se decepcionou com as contratações e tem um grupo muito aparelhado, à disposição de Paulo Porto.

– Acredito que não erramos nas contratações. Tivemos bons resultados nos amistosos e nossa relação com a comunidade está melhorando muito. Podemos nos sentir inferiores em estrutura, mas no campo são 11 contra 11. Nosso primeiro objetivo é não cair, para depois pensar em classificar. Depois disso, aí sim buscaremos o limite da equipe para conquistar uma vaga na Série D e ter calendário o ano todo. Só desta forma é que poderemos ir atrás de incentivos para os sócios – explica o presidente.

TUDO PRONTO PARA A ESTREIA

A primeira oportunidade de o torcedor ver como estes jogadores representarão a região de Passo Fundo no Gauchão 2017, será neste domingo, às 19h30. Para a partida contra o São Paulo de Rio Grande, a expectativa é de que um grande público compareça e encha o Vermelhão da Serra. Os ingressos estão com preços a R$ 30, 00 reais nas arquibancadas e R$ 50, 00 nas cadeiras. Visitantes também pagarão R$ 30, 00. Estudantes e idosos tem direito a meia-entrada na arquibancada e menores de 12 anos não pagam, assim como os sócios em dia. Quem quiser adquirir o seu ingresso, poderá comprar apenas no dia do jogo, nas bilheterias do clube, das 9h às 12h e das 14h até a hora do jogo. A abertura dos portões será às 18h.

PRÓXIMO JOGO

Passo Fundo

x

Brasil de Pelotas

  • Data: 29/03/2017 / 21:45
  • Local: Estádio Vermelhão da Serra
  • Ingresso: Arquibancadas - R$30,00, Cadeiras - R$50,00
VER DETALHES DA PARTIDA

SOCIAL MÍDIA

COMPARTILHE